_MG_0384.jpg (45 KB)


Sediada em Novo Horizonte – SP (a 400 km de São Paulo) a Usina São José da Estiva é hoje um dos maiores pólos da região na geração de postos de trabalho e investe no planejamento e execução de projetos sociais, educacionais, culturais, ambientais, de saúde e lazer.

A empresa foi fundada em 31 de março de 1964 por José Willibaldo de Freitas, Dr. Antonio Ribeiro do Vale, Juca Borges e Gino de Biasi, este último considerado um desbravador e visionário para seu tempo.

  Linha do Tempo

1964

A inauguração da Usina São José da Estiva foi um marco para Novo Horizonte. Naquele ano a moagem foi de 217 toneladas de cana para a produção de 348 sacas de açúcar.

inicio das obras da usina estiva em 1963.jpg (179 KB)

Anos 1970 

Uma nova moenda começa a operar e a Usina passa a produzir a energia que consome. Até final da década um novo gerador foi adquirido e a produção de álcool anidro foi iniciada. A aquisição de uma nova centrífuga fez aumentar a produção de açúcar.

antigas (13).jpg (115 KB)

Anos 1980

No início da década de 80 a moagem passou para 3,5 mil toneladas de cana por dia. Dentre os fatos marcantes do período destaque para a compra de um aparelho de destilação com capacidade para 60 mil litros/dia, a compra de mais um terno de moendas e o começo da produção de levedura seca para ração animal. Já nos primeiros anos (1981) o setor de Assistência Social é criado para prestar atendimento aos colaboradores. 
 
1 Moenda (6).jpg (144 KB)
 

Anos 1990

Na área social a Assistência é transferida para a cidade e inaugura o consultório odontológico; os ônibus que levam os rurículas são equipados com caixas térmicas e na lavoura a água servida é gelada; a primeira turma de alfabetização é formada; Telecurso 2000 é iniciado internamente e escolinha de futebol é implantada. Na indústria novos equipamentos permitem ampliação de capacidade produtiva e Estiva bate recordes; na Agrícola começa a implantação do corte mecanizado. No final da década a Estiva define suas políticas de qualidade e amplia capacidade de armazenagem de álcool para 73 milhões de litros.

ADentista (3).jpg (103 KB)

Anos 2000

Já no início da década a energia excedente passa a ser comercializada e a produção de açúcar atinge 1,6 milhão de sacas; a vinhaça passa a ter sistema de distribuição (vinhaçoduto) e começa a produção de bagaço hidrolizado para ração animal; a produção de álcool também é ampliada e as ações educacionais e sociais, internas e externas, rendem prêmios e reconhecimentos como o Top of Quality e o de segunda melhor empresa para se trabalhar em todo o país. Em 2007 a Usina adere ao Protocolo Agroambiental e no ano seguinte já havia mecanizado 90% do corte em suas áreas. Adotou o sistema de limpeza a seco da cana que chega à indústria e o plantio no sistema Meiose em suas lavouras. Faz parceria com projeto Atletas do Futuro, planta 5 mil árvores num único ano e adere ao Projeto de Sustentabilidade da Copersucar. Em 2009 amplia a capacidade de moagem para 3,5 milhões de toneladas de cana e implanta projetos como Canecas Ecológicas.

2000 (39).jpg (86 KB)

 Anos 2010
 
 
Os investimentos na educação continuada de seus colaboradores são ampliados e no Agrícola começa a ginástica laboral. Aumenta a capacidade de exportação de energia elétrica; Brigada de Incêndio comemora 10 anos. Cresce o apoio a projetos de preservação do meio ambiente e de prevenção ao uso de drogas (Proerd e Beija Flor), e recuperação de nascentes; investimento em programas sociais, esportivos e educacionais é ampliado e a Usina leva 20 estudantes para intercâmbio cultural na Espanha; campanhas de saúde são ampliadas. O setor Agrícola começa a pesquisar o plantio de sorgo sacarino para produção de etanol e de milho para silagem e alimentação do gado; na lavoura veículos são adaptados para equipe de herbicidas e áreas de vivência são implantadas. Agrícola e Indústria implantam a certificação digital da cana. Estiva recebe pesquisadores holandeses para criação de protocolo de sustentabilidade.
 
eurocentres 036.jpg (277 KB)

Desenvolvido por Máquinaweb Soluções em TI |