Untitled Document

Notícias 26/7/2017 16:54:17 » Por Estiva

Brigada Florestal atua no combate e prevenção de incêndios

A Usina Estiva reúne 24 brigadistas na Brigada Florestal. Todos estão capacitados para ações de prevenção e combate a incêndios e ainda passam por treinamentos e capacitação mensais, com aulas teóricas e práticas que ocorrem na lavoura. A equipe foi formada a partir das ações e eventos do PAM (Programa de Apoio Mútuo) que reúne oito usinas da região no combate a incêndios.

Além das equipes, que se movimentam de acordo com as ocorrências, a Usina Estiva determinou dois pontos fixos de vigilância. Ambos ficam em pontos estratégicos, opostos um ao outro, que permitem boa visualização e monitoramento de possíveis focos de incêndio. “Ao menor sinal de fumaça, nosso pessoal vai ao local para verificar o que está acontecendo e de que maneira devemos agir para resolver”, diz Israel Silva, orientador Agrícola Ambiental.

Os veículos da Usina Estiva possuem todos os materiais necessários para o combate ao fogo, inclusive com 60 metros de mangueira que ficam protegidos de sol, chuva e poeira, garantindo maior vida útil e eficiência deste equipamento. Os caminhões também têm o LGE (Líquido Gerador de Espuma), usado para apagar fogo em máquinas e até mesmo em tanques de combustíveis.

Todas as ações da empresa, e também das que compõem o PAM, são acompanhadas pela Polícia Militar Ambiental. Em Novo Horizonte, o posto é comandado pelo subtenente Edilson Croco. Recentemente, o policial, acompanhado dos cabos Douglas Ascar e Alessandro da Silva, reuniu-se com o gerente de área Agrícola, Marcello Bento, e com o superintendente Roberto Holland. “Foi um contato oportuno para nos orientar sobre as nossas diretrizes e ações de combate a incêndio na área rural, bem como ratificar algumas medidas que foram tomadas”, aponta Bento. 

Algumas semanas depois, o militar percorreu algumas lavouras de cana da Estiva com orientações sobre medidas que podem prevenir queimadas. Acompanhado dos colaboradores Odenir Simão Odirlei Ribeiro e Rafael Moraes, que atuam como regionais de área nos caminhões bombeiro, o subtenente foi conhecer os equipamentos da Estiva e, em seguida, reuniu-se novamente com Marcello Bento e Israel. “A empresa trata com seriedade as normas ambientais e sociais e entende que esta integração com os órgãos fiscalizadores é bem-vinda, especialmente por trazer orientações que vão ao encontro de suas filosofias e práticas diárias”, disse Bento.

No final de julho, o subtenente Croco deu capacitação para 26 brigadistas florestais e abordou vários tópicos sobre queimadas, combate e prevenção.

Aplicativo em celular agiliza a comunicação

Um aplicativo de celular, muito comum para comunicação online, é uma das mais eficientes ferramentas que os profissionais envolvidos em ações ambientais utilizam em seu dia a dia. Israel Silva, orientador agrícola ambiental da Usina Estiva, conta que o grupo tem representantes de todas as oito usinas participantes do PAM (Programa de Apoio Mútuo) e serve para comunicações de emergência e pedidos de apoio para as ocorrências de incêndio, também chamadas de sinistros.

Outra ferramenta importante é o mapeamento das empresas, sua localização e identificação das respectivas equipes. “Temos tudo isso disponível para o pessoal que atua nesta área”, aponta Israel.

Há também um código que agiliza a comunicação via aplicativo ou rádio. “As ocorrências são definidas de acordo com o grau de perigo e o que atingem: se mato, se cana nossa ou de terceiros ou ainda áreas de preservação permanente, por exemplo”, aponta.

Reabastecimento exige agilidade e acesso

Os caminhões bombeiros têm, em média, capacidade para transportar 15 mil litros de água. Dependendo do tamanho da ocorrência, são necessários reabastecimentos e isso é feito em rios na área do incêndio. “O acesso ao rio é um fator importante para determinar a rapidez com que o veículo é reabastecido para voltar ao combate ao fogo”, explica Israel Silva, orientador agrícola ambiental.

Por isso, o trabalho da equipe de preparo de solo tem sido fundamental. “Vários aterros foram recuperados e isso ajuda muito no nosso trabalho”, diz Israel.

 

 

COMENTÁRIOS NESTA NOTÍCIA
Nenhum Comentário
DEIXE SEU COMENTÁRIO
Nome:
Email:
Endereço:
Telefone:
Comentário:
NOTÍCIAS RELACIONADAS

Fazenda Três Pontes
Cep - 14960-000
Novo Horizonte - SP
 
Empresas do Grupo:
Fone: (17)
3542-9500


Empresa

Usina
Filial São Jorge
UTE - Termoelétrica
JB - Agropecuária
WR - Agropecuária
Confinamento
História
Usina Virtual
Negócios

Produção
Açúcar
Etanol
Energia
Cana-de-açúcar
Sustentabilidade

Práticas Agrícolas
Práticas Industriais
Fauna e Flora
Responsabilidade Social - Relatórios
Projetos Sociais
Projetos Sociais - Comunidade
Certificados e Premiações
BSC
Políticas da Qualidade
Gestão de Pessoas

Desenvolvimento Profissional
Imprensa / Comunicação

Releases
Contato
Álbum de Fotos
Vídeos
Informativo
Identidade Visual (Logos)


Desenvolvido por 
Maquinaweb - Soluções em TI